Veja 8 plantas resistentes
e que podem ser
cultivadas em casa

Veja 8 plantas resistentes e que podem ser cultivadas em casa

Cuidar de plantas em casa pode ser uma atividade relaxante e recompensadora para qualquer pessoa, pois envolve dedicação e recompensa com o crescimento e desenvolvimento de um ser vivo.

Um estudo realizado pela Sociedade Americana de Ciência e Horticultura, inclusive, demonstrou que plantas em quarto de hospitais proporcionam melhor recuperação para pacientes em situação pós-operatória1. Se esse simples contato já auxilia na recuperação de uma cirurgia, o que será que ocorre quando se cultiva de plantas, colocando a mão na terra?

Um estudo2 holandês foi investigar isso e tirou 30 trabalhadores de suas rotinas estressantes e os colocaram, aleatoriamente, para ficar 30 minutos lendo um livro ou praticando jardinagem ao ar livre. Os dois grupos tiveram relaxamento comprovado, mas o resultado foi muito mais significativo no controle da ansiedade para quem cultivou as plantas, revelando o poder da atividade em combater estresse agudo instantaneamente.

Como o contato com a natureza pode ajudar na sua saúde?

E esses benefícios testados em apenas 30 minutos podem gerar um efeito a longo, já na velhice, conforme comprovou uma pesquisa feita com 2.800 idosos na Austrália. Comparando os dados dos entrevistados, os pesquisadores perceberam que a jardinagem diária diminuiu o risco de demência em 36%, resultado quase tão satisfatório quanto a caminhada diária, que previu risco 38% menor nos homens entrevistados.3

De alguma maneira, as plantas fazem bem para a saúde mental e o grande desafio da geração atual tem sido encontrar tempo e espaço para colocar em prática essa atividade que pode relaxar a mente e melhorar a qualidade de vida. Por isso, separamos 8 plantas resistentes, ideais para principiantes, e que podem ser plantadas em casa. Confira:

 

Planta-jade

Conhecida também como a árvore da felicidade ou planta do dinheiro, a planta-jade é uma suculenta, grupo de plantas originárias da África, e que é conhecida por trazer bonanças aos seus proprietários. O seu nome científico é Crassula Ovata e ela pode atingir até 1,8 m de altura, mas se plantada em vasos ela vira uma planta miniatura.

Assim como a maioria das suculentas, a planta-jade é resistente e adapta-se a uma grande variação de luminosidade. Pode ser cultivada em casa ou apartamento e não necessita de muita rega, já que seu caule pode apodrecer se receber água demais.

Pata de Elefante

Se você tiver um pouco mais de espaço na sua casa ou apartamento, pode apostar no cultivo da Pata de Elefante, uma planta arbusto que consegue sobreviver a grandes períodos de estiagem. Essa planta tem uma capacidade incrível de guardar água em seu tronco e consegue ter uma boa sobrevida aos donos esquecidos, que não conseguem se adaptar às regras de rega diária. No caso da Pata de Elefante, só deve colocar água quando a terra já estiver seca

Espada-de-São-Jorge

Muito utilizada em casas de todo o Brasil para espantar o mau-olhado, a espada-de-São-Jorge além de linda precisa de pouca água para sobreviver, sobretudo nos meses frios. A planta precisa de água uma ou duas vezes por semana, e caso fique um período maior sem esse cuidado, é resistente e consegue se recuperar.

Para quem acredita as propriedades exotéricas da planta, ela ainda garante um relaxamento extra de que tudo ficará bem no local onde ela habita.

Costela de Adão

Se o seu problema é falta de luz, essa árvore com folhagem exuberante que veio lá do México é ideal para ambientes mais escuros.

Fica muito bonita junto às paredes, mas deve ser mantida longe do alcance de crianças e animais, pois suas folhas são tóxicas e não devem ser consumidas.

Cactos

A mais famosa das suculentas é o cacto. Bonito e caricato do deserto, essas pequenas plantas ficam dias a fio sem ver água, mas adoram o sol. O ideal para as chamadas cactáceas é que sejam regadas a partir do 7º dia apenas, mas esse intervalo pode ser maior.

Para medir se o cacto precisa de água, basta sentir a umidade da terra. Se ela estiver muito seca, é bom colocar uma aguinha. O grande perigo para essa planta é exagerar na hora da água, pois um pequeno cacto, por exemplo, basta uma colher de chá de água somente na terra, não na planta inteira. Lembre-se que ele guarda muita água dentro de si.

Aspidistra

Essa planta é uma verdadeira guerreira, pois consegue sobreviver a condições completamente antagônicas de temperatura e são extremamente resistentes, seja a ambientes internos ou externos.

Orquídeas

Elas gostam de água corrente e sobrevivem bem em ambientes com pouca incisão de luz direta do sol.

Existem mais de 50 mil espécies no mundo e algumas delas, como a Phalaenopsis gostam mais de sombra e calor, ideais para ficar dentro de casa ou no apartamento. Quando for adquirir a sua, pergunte ao vendedor qual delas ficará melhor no ambiente que você escolheu.

Zamioculcas

Espécie originária do continente africano, as Zamioculcas são um exemplo de planta resistente e que não necessitam de cuidados constantes. Ela sobrevive com pouca água e luz.

A regra é não deixar o solo completamente seco, e regas até uma vez por semana garantem a saúde da planta.

Referências bibliográficas:

1. . Seong-Hyun Park and Richard H. Mattson. Effects of Flowering and Foliage Plants in Hospital Rooms on Patients Recovering from Abdominal Surgery.
Disponível em: https://greenplantsforgreenbuildings.org/wp-content/uploads/2014/09/Effects-of-Flowering-and-Foliage-Plants-in-Hospital-Rooms-on-Patients-Recovering-from-Abdominal-Surgery.pdf - Acesso em 12 de agosto de 2019.

2. Van Den Berg, A. E., & Custers, M. H. G. (2011). Gardening Promotes Neuroendocrine and Affective Restoration from Stress. Journal of Health Psychology, 16(1), 3–11.
Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20522508?report=abstract - Acesso em 14 de agosto de 2019.

3. Simons L. A., Simons J., McCallum J., Friedlander Y. Lifestyle factors and risk of dementia: Dubbo study of the elderly. Medical Journal of Australia. 2006;184(2):68–70.
Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16411871 - Acesso em Acesso em 14 de agosto de 2019.

Planta-jade https://www.blog-flores.pt/flores-de-interior/planta-jade-crassula-ovata/

Pata de elefante https://minhasplantas.com.br/plantas/pata-de-elefante/imagem/50/

Espada-de-São-Jorge https://www.vivadecora.com.br/revista/espada-de-sao-jorge/

Costela de Adão https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Paisagismo/noticia/2019/06/aprenda-cuidar-da-costela-de-adao.html

Cactos https://www.huffpostbrasil.com/2018/03/06/5-passos-para-voce-nao-matar-o-seu-cacto-afogado-ou-de-fome_a_23378484/

Aspidistra https://www.coisasdaterra.com/conselhos-de-jardinagem/flores-e-plantas/como-cultivar-aspidistra/

Orquídeas https://www.decorfacil.com/como-cuidar-de-orquideas/

Zamioculcas https://www.vivadecora.com.br/revista/zamioculcas-zamiifolia/

SABRAGE.MDY.19.08.0324